terça-feira, 16 de outubro de 2018

Adriano


Adriano, um nome que remonta à Antiguidade e nos faz viajar aos tempos de glória do poderoso Império Romano! Não conheci tantos Adrianos quanto as muitas Adrianas com quem já me cruzei ao longo da vida, mas um em especial ficou em minha memória. Um menino extremamente inteligente com quem estudei na infância. Talvez por isso sempre associo Adriano a alguém dedicado, sábio e ávido por conhecimentos. A própria história do nome acaba por conduzir a esse caminho, afinal os nomes romanos fazem parte de um capítulo importantíssimo da História mundial.

Adriano vem do latim Hadrianus, um cognome romano que tem como significado aquele que vem de Ádria. Assim eram chamados todos aqueles nascidos na localidade de Ádria, uma antiga e importante cidade portuária ao norte da Itália. O famoso Mar Adriático recebeu o nome por causa da cidade. Mas Ádria possui significado próprio, ainda que incerto, e algumas teorias são propostas:

  • Ádria pode ter se originado na palavra latina ater que significa negro como o carvão ou aquele que é escuro. Seria uma referência à cor escura da cidade devido aos muitos fumos que ali existiam;
  • Pode vir de atrium cujo significado é entrada, já que a cidade era considerada a porta de entrada do comércio na Itália;
  • Por fim, algumas interpretações derivam Ádria do nome Adar, o deus babilônico do fogo e da caça.
Foi notavelmente suportado pelo imperador romano do século II Adriano (Públio Élio Adriano), conhecido por ordenar a construção da Muralha de Adriano na Inglaterra, a mais extensa estrutura desse tipo construída na história do Império Romano. Adriano era considerado um dos "cinco bons imperadores".

Seis Papas e alguns santos receberam o nome Adriano, entre eles Adriano de Nicomédia. Santo Adriano foi um guarda do imperador romano Galério Maximiano que após converter-se ao Cristianismo, juntamente com sua esposa Natália, foi martirizado em Nicomédia, na Turquia, em 4 de março de 306 d.C (para saber mais clique aqui).

Outros Idiomas: Adrian (inglês, alemão, nórdico), Adriano (italiano), Adrián (espanhol), Adrien (francês), Adriaan (holandês), Adrijan (croata, macedônio), Jadran (sérvio, esloveno).

É um nome muito presente em nossos países, foi bastante popular em décadas passadas. Em Portugal seu auge se deu entre os anos 50 e 60, quando ultrapassou a marca de 200 registros ao ano. No Brasil sua alta frequência é de 338.315 pessoas, a maior parte nascida na década de 1980, no estado de Santa Catarina. Depois do pico de popularidade, a escalada de Adriano teve curva descendente: o nome não é tão popular como outrora, porém ainda é lembrado. Foi registrado 12 vezes em Portugal no ano de 2016; no Brasil, especificamente no estado de São Paulo, recebeu 83 registros em 2017.

Personalidades:
  • Adriano Banchieri - compositor e poeta italiano;
  • Adriano Castellesi - cardeal e escritor italiano;
  • Adriano Correia de Oliveira - músico português;
  • Adriano Garib - ator brasileiro;
  • Adriano Reys - ator brasileiro.
Adriano é ainda o nome de inúmeros futebolistas brasileiros.

Compreendo que para os padrões atuais  os nomes masculinos terminados em ano, salvo algumas exceções, possam soar datados, abrindo passagem para os nomes com final em- an, como por exemplo Adrian, sua variante internacional e tantos outros que se encaixam nas tendências modernas de nomeação. Como costumamos dizer aqui, as modas são cíclicas e nada impede que Adriano reencontre seu lugar na ribalta. Torço para isso, é um nome que considero agradável e carismático.

Patricia Monteiro 

Simpatizam com Adriano?

Fontes Consultadas:
ARPEN/SP, Behind the Name, IBGE, Infoescola, IRN,  O Blog dos Nomes, O Livro dos Nomes (Regina Obata), Nameberry, SPIE, Wikipédia.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Viviana/Viviane - Atendendo a Pedidos



Viviana e Viviane... são ambos o mesmo nome. Eu pensava que Viviana seria a forma mais usual nos nossos países, mas estava enganada. Na verdade é Viviane a versão mais utilizada tanto em Portugal como no Brasil. 

De origem latina estes antropónimos significam viva, vivaz. Viviana é a forma portuguesa, espanhola e italiana, enquanto Viviane é a forma francesa. Sabem que outro nome pouco conhecido tem este mesmo significado? Bibiana. E não é à toa que estou a referir este facto, na realidade, Bibiana é outra variante de Viviana que por sua vez deriva de Vivianus, a forma original destes nomes. 

Infelizmente, Viviana e Viviane não são nomes que tenham muita história. Estas foram as referências que encontrei sobre os nomes: 
  • Viviana - filme americano de 1916; 
  • Viviana - novela mexicana de 1978 que foi também transmitida no Brasil na forma "Viviana, em Busca do Amor";
  • Vivian, além de nome próprio, também foi adotado como apelido/sobrenome em alguns países.
Personalidades:
  • Viviana Durante - bailarina italiana; 
  • Viviana Sofronitsky - célebre pianista russa; 
  • Viviane Pasmanter - atriz brasileira;
  • Viviane Araújo - modelo e atriz brasileira;
  • Viviane Moreira, Viviane Brunieri - modelos brasileiras.
Mas afinal qual é a popularidade de Viviana e Viviane em Portugal e no Brasil? Em 2016, em Portugal, Viviana foi o nome escolhido para 9 meninas e Viviane foi a escolha para 20 recém-nascidas. Tanto Viviana como Viviane tiveram pouca expressão nas décadas que passaram desde 1920 a 1980, sendo que o auge de registos de Viviana foi em 1978 com 17 registos e de Viviane em 1973 com 3 registos.

No estado de São Paulo, no ano passado, não nasceu nenhuma Viviana. No entanto, Viviane foi registado 34 vezes. A frequência de Viviana em todo o Brasil é de 6.961 pessoas, o pico de registos foi na década de 80 e é em Rio Grande do Sul o estado mais propenso a encontrar uma Viviana. Já a frequência de Viviane é bem superior, com um total de 230.213 pessoas. O apogeu de registos foi também na década de 80 e o estado onde nascem mais Vivianes é no Rio de Janeiro. 

Para ser sincera, estes não são nomes que me cativem, mas a ter de escolher um ficaria com Viviana. Não obstante, acho que Vivi ou só Vi são alcunhas/apelidos carinhos. Gostam destes nomes?

Ana Madaíl Carvalho

Fontes Consultadas:

Behind the Name, IRN, SPIE, Nós Portugueses, Dicionários de Nomes Próprios, ARPEN/SP, IBGE, Nameberry, BabyNamesPedia, ThinkBabyNames, Wikipédia. 

sexta-feira, 12 de outubro de 2018

Nomes Havaianos Masculinos


Os nomes havaianos podem se constituir em opções irresistíveis  para quem gosta de nomes com lindos significados, de apelo descontraído e estilo moderno. Isso sem falar na estreita ligação com a natureza, afinal como não lembrar do ambiente paradisíaco do Havaí? Logo me vem à mente um pôr-do-sol dourado em uma praia de ondas revoltas que desembocam em claras areias, quase um sonho! 

Uma particularidade que acho importante mencionar, é a diferença entre o alfabeto havaiano e o português. No alfabeto havaiano há a presença de apenas 12 letras, 5 vogais (a, e, i, o, u) e 7 consoantes (h, k, l, m, n, p, w). Vários nomes que não fazem parte dessa cultura sofreram processo de transliteração  para a língua local, como por exemplo Keoni, versão havaiana de João

Agora, sem mais delongas, vamos conhecer as opções masculinas dos peculiares e encantadores nomes havaianos!
  • Akoni - valioso;
  • Kaleo  - a voz;
  • Kai - mar;
  • Kaimana - poder do mar;
  • Kaimi - buscador;
  • Kale - homem;
  • Kaui - o jovem;
  • Kauai - nome de uma ilha havaiana;
  • Keahi - fogo;
  • Keanu - brisa fresca;
  • Kekai - o mar;
  • Keoni - graça de Deus;
  • Kimo - aquele que sucede;
  • Koa - guerreiro;
  • Koi - urgência;
  • Liko - broto;
  • Makai - em direção ao mar;
  • Makoa - corajoso;
  • Manu - pássaro;
  • Maui - nome mitológico e geográfico;
  • Nalu - onda;
  • Waipuna - água da primavera.
Algum destes nomes despertou sua atenção?

Para Nomes Havaianos Femininos clique aqui

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
Babynamespedia, Behind the Name, Nameberry, O Blog dos Nomes, Wikipédia.

quinta-feira, 11 de outubro de 2018

Nomes Havaianos Femininos


Os nomes havaianos podem se constituir em opções irresistíveis  para quem gosta de nomes com lindos significados, de apelo descontraído e estilo moderno. Isso sem falar na estreita ligação com a natureza, afinal como não lembrar do ambiente paradisíaco do Havaí? Logo me vem à mente um pôr-do-sol dourado em uma praia de ondas revoltas que desembocam em claras areias, quase um sonho! 

Uma particularidade que acho importante mencionar, é a diferença entre o alfabeto havaiano e o português. No alfabeto havaiano há a presença de apenas 12 letras, 5 vogais (a, e, i, o, u) e 7 consoantes (h, k, l, m, n, p, w). Vários nomes que não fazem parte dessa cultura sofreram processo de transliteração  para a língua local, como por exemplo Kiana, versão havaiana de Diana e Malia, de Maria

Agora, sem mais delongas, vamos conhecer as opções femininas dos peculiares e encantadores nomes havaianos!
  • Alani - laranjeira;
  • Halia - lembranças de um ente querido;
  • Iolana - voar;
  • Kaia - mar;
  • Kailani - mar celestial;
  • Kaimana - poder do mar;
  • Kalama - tocha flamejante;
  • Kalea - alegria, felicidade;
  • Kalena - pura, casta;
  • Kaulana - famosa;
  • Kehlani - variante de Kailani;
  • Kiana - celestial;
  • Kiele - flor de gardênia;
  • Lanai - nome de uma ilha havaiana;
  • Lani - céu;
  • Leilani - flores celestiais ou criança real;
  • Lilo - generosa;
  • Luana - tempo de lazer;
  • Mahina - lua;
  • Maleah - variante de Malia;
  • Malia - senhora soberana;
  • Malu - paz;
  • Manu - pássaro;
  • Moana - oceano, mar profundo;
  • Momi - pérola;
  • Nalani - os céus,
  • Nalu - onda;
  • Nani - beleza, glória;
  • Noelani - névoa celestial;
  • Ohana - família;
  • Uilani - beleza celestial.
Algum destes nomes poderia fazer parte de suas listas?

Para Nomes Havaianos Masculinos clique aqui

Patricia  Monteiro 

Fontes Consultadas:
Babynamespedia, Behind the Name, Nameberry, O Blog dos Nomes, Wikipédia.

quarta-feira, 10 de outubro de 2018

Érico


Érico é um daqueles nomes que andam afastados das escolhas populares, mas que deveriam ser mais lembrados. Nunca foi usado em demasia como Érica, sua versão feminina, o que lhe confere um certo frescor a mais. Acredito que tenha sido ofuscado pela variante Eric, entretanto Érico não deixa nada a dever a ninguém: sua sonoridade é marcante, sua grafia é bonita, sendo um nome com muitas qualidades positivas.

Érico se origina a partir do antigo nome nórdico Eiríkr, composto pelos elementos ei (sempre) e ríckr (governante). Seu significado seria então sempre governante ou eterno rei. Algumas fontes apontam a ligação de Érico com a águia, já que para os povos antigos a águia era um símbolo do poder. Dessa maneira, por extensão, eterno rei poderoso como uma águia também pode ser um significado atribuído a Érico. Significados majestosos que evocam o sentido de nobreza para seus portadores.

Um portador notável foi Érico, o Vermelho (Eiríkr inn Rauda), um comerciante viking e navegador norueguês do século X. Foi o responsável pelo descobrimento da Groelândia. Também foi o nome de vários reis da Suécia, Dinamarca e Noruega, o que estreita sua ligação com a monarquia europeia.

Este nome nórdico foi trazido pela primeira vez para a Inglaterra por colonos dinamarqueses durante o período anglo-saxão. Não era popular entre os ingleses durante a Idade Média, mas foi revivido no século XIX, em parte devido ao romance infantil Eric, or, Little by Little (1858), de Frederic William Farrar.

Outros Idiomas: Eric, Erick (inglês), Erik (escandinavo), Éric (francês), Eryk (polonês), Erico (italiano, espanhol), Erich (alemão).

O uso de Érico sempre foi modesto em nossos países, o que é uma pena porque acho que o nome merecia mais. Em Portugal só começou a angariar registros a partir de 1968 e até 1980 totalizou apenas 28. No Brasil sua frequência é de 14.672 pessoas, número quase irrisório quando comparado às mais de 200 mil Éricas existentes no país. O maior uso se deu nos anos 80 e é no Rio Grande do Sul o local onde há a maior concentração de Éricos brasileiros. Nos dias que correm é pouco lembrado por nossos povos: foi registrado uma única vez no ano passado no estado de São Paulo e em Portugal 2 meninos receberam o nome Érico em 2016.

Personalidades:
  • Érico Brás - ator brasileiro;
  • Érico Veríssimo - um dos escritores brasileiros mais populares do século XX.
Como disse acima, lamento que Érico seja pouco lembrado e tenha um desempenho tão tímido em nossos países, torço para que brilhe futuramente e encante mais famílias. É um nome interessante que remonta aos tempos dos guerreiros vikings. Entendo que muitas pessoas prefiram Eric por ser mais internacional, entretanto acho que devemos valorizar as grafias próprias da língua portuguesa. Ainda há tempo do eterno soberano Érico reinar e mostrar seu poder!

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
ARPEN/SP, Behind the Name, IBGE, IRN, Nameberry, O Blog dos Nomes, SPIE, Wikipédia.

terça-feira, 9 de outubro de 2018

Nomes da Saga "Crepúsculo" - Atendendo a Pedidos


Não sou a maior fã de Crepúsculo, nunca li os livros e nem sei se assisti os filmes todos. Na verdade, as histórias de vampiros e lobisomens nunca captaram a minha atenção. O mesmo não posso dizer da onomástica, pela qual sempre fui apaixonada. Toda a pesquisa por trás de cada post, cada frase apagada para ser reescrita, cada frustração... e depois a alegria de terminar a publicação e contemplar o nosso trabalho final é (quase que) mágica e muito gratificante. Posso dizer que os posts que mais gosto de fazer são precisamente os que mais me desafiam e por essa mesma razão decidi atirar-me de cabeça e entrar no mundo do twilight. Sem mais demoras, vamos aos nomes que selecionei para fazer esta publicação! 

Nomes Femininos:
  • Alice - filha adoptiva de Carlisle e Esme, possui a habilidade de ver o futuro.
    Nome de origem germânica, significa a de nobre linhagem;
  • Ângela - colega de turma da BellaNome de origem grega, significa mensageira;
  • Emily - noiva do Sam Uley.
    Nome de origem latina, significa rival;
  • Esme - esposa de Carlisle e figura materna da família Cullen. Nome de origem francesa, significa amada;
  • Gianna - secretária humana dos Volturi que tinha esperança de ser transformada por eles.
    Nome de origem hebraica, significa agraciada por Deus;
  • Isabella - tratada por Bella é a personagem principal da Saga.
    Nome de origem hebraica, significa Deus é o meu juramento;
  • Jéssica - colega de turma da Bella.
    Nome de origem hebraica, significa contemplar;
  • Leah - a única mulher lobisomem da história.
    Nome de origem hebraica, significa cansada;
  • Renée - mãe da Bella.
    Nome de origem latina, significa nascida novamente;
  • Renesmee - meio vampira, meio humana, é a filha de Bella e Edward.
    Junção de Renée e Esme, nome inventado para a personagem da história;
  • Rosalie - parceira de Emmett e filha adoptiva do casal Cullen.
    Nome de origem latina, significa rosa;
  • Sue - mãe de Seth e Leah.
    Nome de origem hebraica, significa lírio;
  • Victoria - vampira ruiva inimiga da família Cullen.
    Nome de origem latina, significa vitória.

Nomes Masculinos: 
  • Billy - pai do Jacob.
    Nome de origem germânica, significa proteção;
  • Carlisle - marido de Esme e figura paterna da família Cullen.
    Nome inventado para a Saga;
  • Charlie - pai da Bella.
    Nome de origem germânica, significa homem;
  • Edward - infectado pela gripe espanhola, foi transformado em vampiro por Carliste. Apaixona-se perdidamente por Bella.
    Nome de origem germânica, significa guarda rico;
  • Emmett - parceiro da Rosalie, outro membro do clã Cullen.
    Nome de origem germânica, significa universal;
  • Jacob - um lobisomem, melhor amigo de Bella, no final da saga tem um imprinting com Renesmee, filha do casal Bella e Edward.
    Nome de origem latina, significa Deus protege;
  • James - vampiro rastreador, persegue tanto animais como humanos.
    Variante de Jacob;
  • Jasper - parceiro da Alice, membro da família Cullen.
    Nome de origem latina, significa tesouro;
  • Paul - é o membro mais instável da alcateia porque não consegue controlar quando ou não se transformar.
    Nome de origem latina, significa pequeno;
  • Phil - padrasto da Bella.
    Nome de origem grega, significa amigo dos cavalos;
  • Quil - membro do bando dos lobos.
    Diminutivo de Áquila, nome de origem latina, significa águia;
  • Sam - líder do bando de La Push.
    Nome de origem persa, significa escuro;
  • Seth - irmão mais novo de Leah, também é lobisomem.
    Nome de origem egípcia, significa pilar.
Espero que tenham gostado da compilação de nomes da Saga Crepúsculo que fiz para vocês! Gostam de algum nome citado? 

Ana Madaíl Carvalho


Fontes consultadas:
Behind the Name, IRN, SPIE, Nós Portugueses, Dicionários de Nomes Próprios, ARPEN/SP, IBGE, Nameberry, BabyNamesPedia, ThinkBabyNames, Wikipédia. 

segunda-feira, 8 de outubro de 2018

Bruna


Bruna é um nome usado por várias etnias, entre brasileiros, portugueses, italianos, hispânicos, eslavos e franceses. Deriva do germânico brun que significa marrom ou armadura, proteção. Na língua italiana BrunaBruno significam literalmente marrom. Foi dado aos seus primeiros portadores/as em referência aos cabelos e/ou tom de pele escuro e, por extensão, Bruna também significa morena.

A primeira versão a surgir foi o masculino Bruno, seu uso inicial remonta à Idade Média. São Bruno de Colônia foi um monge alemão do século XI que fundou a Ordem dos Cartuxos. Como sobrenome pertenceu a Giordano Bruno, filósofo italiano condenado na fogueira pela Inquisição. 

A sua ligação com o mundo das cores é um ponto que me faz admirar Bruna, como já disse no post Nomes de Cores , esse é um tema que me encanta. Marrom é a cor da terra e da madeira, representa o aspecto natural e a estabilidade, solidez. Transmite a sensação de simplicidade, bem como de qualidade e seriedade.

Na França Bruna teve um leve destaque entre os anos 20 aos 50, quando fez parte do Top 500. Na Itália é estimado que existam 181.461 mulheres chamadas Bruna; em 2016 ocupou a posição #644 do ranking italiano. Na Croácia esteve no 90° lugar em 2009. Atualmente tem grande relevância na Catalunha, onde conquistou a colocação #39 em 2016.

Sua presença é impressionante no Brasil, segundo o IBGE é o 14° nome feminino mais popular de todos os tempos com frequência de nada mais nada menos 463.548 pessoas! É mais comum na região sul, em especial no estado do Rio Grande do Sul. Até a década de 1970 Bruna era incomum, mas a partir dos anos 80 viu seus registros dispararem até atingir seu pico máximo de popularidade na década de 1990. Em minha opinião dois fatores contribuíram para sua disseminação entre os brasileiros: o sucesso na época da belíssima atriz Bruna Lombardi e a presença da protagonista de nome Bruna, uma jovem descendente de italianos interpretada por Elizabeth Savalla, na novela Pão-Pão, Beijo, Beijo (Rede Globo, 1983). Para saber mais clique aqui. Passado seu momento de auge o uso de Bruna caiu, mas ainda continua forte: Em 2017 foi registrado 409 vezes no estado de São Paulo e ainda marcou presença no Top 100 Brasil de 2017 elaborado pelo site Baby Center na posição #100.

Entre os portugueses Bruna demorou a decolar, para terem uma ideia de 1920 a 1980 foi registrado somente 9 vezes, porém encontrou seu lugar no coração do povo lusitano. Em 2016 foi eleito o 57° nome mais popular do país, sendo registrado 142 vezes.

Personalidades:
  • Bruna Linzmeyer - atriz brasileira;
  • Bruna Lombardi - atriz brasileira:
  • Bruna Marquezine - atriz brasileira;
  • Bruna Rossi - ex-atleta olímpica italiana;
  • Bruna Tavares - blogueira brasileira;
  • Bruna Tenório - modelo brasileira.
Bruna tem um ar sempre jovial, é fácil de falar, fácil de escrever, não é um nome propenso a erros de grafia nem ao surgimento de escritas alteradas, ponto positivo. É marcante em sua simplicidade. Outro aspecto a se ressaltar é seu mix de culturas: é um nome de origem alemã que tem o toque quente e alegre dos povos latinos, uma combinação difícil de passar despercebida!

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
ARPEN/SP, Behind the Name, Dicionário de Símbolos, Nameberry, Nomix, IBGE, IRN, SPIE, Wikipédia.

sexta-feira, 5 de outubro de 2018

África - Atendendo a Pedidos



África é o terceiro maior continente em dimensão, é o segundo continente mais populoso, mas não é do continente que queremos falar. É do nome África que, por sua vez, é também um nome próprio geográfico.

No site Behind the Name encontro duas origens:

- a afro-americana, que provém do nome do continente, de origem latina, possivelmente para descrever o povo Afri/Afra que vivia no norte de África;

- a irlandesa e escocesa, que são a adaptação de Aifric, que possívelmente significaria agradável.

É impossível não falar na origem do nome do continente. 

Enquanto os gregos usavam a palavra Líbia para descrever o norte de África (Marrocos, Tunísia, Argélia, e Líbia distintos do Egipto e Etiópia) os romanos usavam o termo África.

Outras possíveis teorias:
  • O nome do continente pode ter surgido do grego aphriké que significa sem frio;
  • Há quem defenda que veio de Africus, o nome de um dos doze ventos mitológicos, ou do termo latino Aprica que significa ensolarado;
  • Há quem indique que tem origem bérbere em que África seria uma adaptação romana do nome de uma das tribos bérberes existentes no Norte de África, os Avringa ou Aourigha;
  • Há quem aponte para a denominação da região onde a tribo bérbere no sul de Cartago, os Afrig estava, sendo África a designação usada;
  • Existe ainda a teoria da origem árabe, em que África vem de Afrigii, Afridi ou Afira que significam empoeirado;
  • Pode ter vindo de dois termos fenícios que significam espiga (símbolo da fertilidade da região) e de Pharikia, uma região de frutas;
  • Existem referências que em sânscrito e hindi África designa aquilo que geograficamente está “depois” - neste caso o Ocidente;
  • E há quem nos fale de um  iemenita chamado Africus que invadiu a África do Norte e fundou uma cidade chamada Afrikyah.

Relativamente, há utilização do nome próprio, ao contrário do que acontecia com Afra, África não era permitido como nome próprio em Portugal. Já com a nova lista é uma incógnita, não provoca confusão no género do registado, mas também não houve registos nos anos anteriores.

Não me surpreendeu não ter constado nos nomes aprovados da antiga lista. Isto porque, por norma, os nomes geográficos são usados como apelidos/ sobrenomes. Claro que existem excepções! Assim de repente lembro-me de Gaia. Américo ou América não contabilizo, pois se o continente teve esse nome foi graças ao já existente nome próprio.

No Brasil sua frequência em todo o país é igual ou inferior a 20 pessoas, não sendo suficiente para gerar gráficos. Não há notícias de registos recentes no estado de São Paulo.

Quem gosta e se quer, deve usar. Se há direito a colocar uma Índia no mundo, porque não existir uma menina África?

Margarida Rebelo Madeira

Fontes Consultadas:
descobrindoaafrica.blogspot, Behind the Name, africaplena.blogspot, IRN, IBGE.

quinta-feira, 4 de outubro de 2018

Qual é o melhor nome - Rael vs Raul


Ora, mas que disputa interessante temos aqui! Trocando apenas uma letra pode-se gerar nomes com vibrações tão distintas. O inovador Rael ganhou um novo impulso após a atriz Ísis Valverde anunciar que essa foi sua escolha para seu primeiro filho. Nome de origem incerta possui vários possíveis significados, entre os quais inocente como um cordeiro, Deus sustentou e é até nome de anjo. Já Raul tem um longo e sólido histórico de uso em nossos países sendo sua origem clara e seu significado preciso: conselho dos lobos, origem germânica. 

Para você quem vence essa disputa? O diferentão Rael ou o tradicional Raul?

Patricia Monteiro

Fonte Consultada:
O Blog dos Nomes