quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Céu


Bonito, elegante, amoroso e inspirador! O Céu é a derradeira porta da Terra para o Universo, volátil e sensível, tanto irradia Sol como se fecha sobre si mesmo e nos oferece um dia de mágica chuva. É fonte de inspiração para artistas, poetas, escritores e pintores, que procuram retratar a sua beleza em obras efémeras. Inspirou o Homem e a Religião que o celebrizaram como o sítio do Bem e das coisas divinas, o local de repouso eterno das almas, o lar dos deuses e dos santos. Céu e Paraíso como sinónimos! Como podemos ficar indiferentes face a este nome?

Mas apesar de ser um nome cujo qualificador de género é masculino, Céu é conhecido como sendo um nome próprio tradicionalmente feminino através do composto Maria do Céu, embora muitas destas mulheres que carregam consigo este composto acabem por ser tratadas unicamente como Céu. Maria do Céu é mais um epíteto de Nossa Senhora, na religião cristã, à semelhança de Maria da Paz, sendo utilizado como invocação a Maria para servir de proteção à criança que o transporta. No entanto, a grande diferença entre ambos estes compostos reside na possibilidade de Paz poder ser utilizado como um nome próprio feminino sem ser obrigatória a precedência da partícula “do” e sem a restrição de ser utilizado apenas como segundo elemento do nome. Exatamente. Isto significa que atualmente, em Portugal, não é possível registar uma menina como apenas Céu, nem é possível utilizar Céu como primeiro elemento do nome. Assim sendo, não é autorizado um composto como Céu Valentina ou Amália Céu (embora Amália do Céu já fosse permitido).

No entanto, em 2014 existe o registo de uma menina chamada simplesmente Céu, embora suspeite que será filha de pais estrangeiros ou com dupla-nacionalidade, sendo que de outra forma tal não se verificaria. Note-se também que no ano de 2014 foram registadas quatro meninas chamadas Maria do Céu, o composto tradicional que continua a ser uma escolha segura e muito próximo à religião. E, sobretudo, continua a ser elegante.

Na minha opinião, Céu é um nome lindíssimo e apenas lamento estas restrições todas em torno do nome. Espero que no futuro o processo se torne mais liberal e Céu possa ser utilizado sem ressalvas!

Joana Recharte.


Eu utilizá-lo-ia com muito gosto e vós?

4 comentários:

  1. Acho fofo, mas nao usaria.

    ResponderEliminar
  2. Prefiro ver como segundo elemento de um composto, acho que vai bem tanto com um nome feminino quanto masculino. Não entendo a proibição em Pt, principalmente como segundo nome.

    ResponderEliminar
  3. Acho q ele fica melhor como segundo elemento em nomes compostos; apesar de soar como feminino, talvez gere dúvidas qt ao sexo se usado sozinho. Considero um nome unissex, inclusive existe um ator e músico brasileiro q tem o nome composto Daniel Céu( recentemente paasou a usar Daniel Cielo como nome artístico).

    ResponderEliminar
  4. Não sabia dessas regras todas a respeito de Céu. Que pena... eu acho que fica lindo num composto mas também gosto só Céu, acho um amor.

    ResponderEliminar