quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Nomes Holandeses Masculinos - Atendendo a Pedidos


Quando recebemos o pedido para falarmos sobre nomes holandeses prontamente ficamos curiosas e empolgadas realizar essa pesquisa, já que essa é uma origem com a qual não nos deparamos com frequência. A Holanda é um país inspirador que nos remete para as artes (como não lembrar de Van Gogh?),  as lindas tulipas e os mágicos moinhos de vento! Impossível não se encantar!

Os nomes holandeses são, em sua maioria, variações usadas há muito tempo de nomes enraizados em outros idiomas (principalmente o germânico). Há ainda alguns nomes distintamente holandeses, muitas vezes diminutivos, como Bas para Sebastian e Sanne para Susanne. Os antropônimos holandeses também receberam influência de países vizinhos, que incluem França, Bélgica, Alemanha e Escandinávia. Hoje apresentaremos as opções masculinas, onde procurei incluir aqueles que melhor resultassem para falantes do português.
  • Aart - alto, elevado;
  • Alfons - nobre e pronto;
  • Andries - viril, masculino;
  • Antonie - inestimável;
  • Bartel - filho de Tholmai;
  • Bas - venerável;
  • Christoffel - portador de Cristo;
  • Daan - Deus é meu juiz;
  • Diederik - governante do povo;
  • Edwin - amigo rico;
  • Emiel - rival;
  • Evert - javali bravo;
  • Frans - francês livre;
  • Gerben - lança do urso;
  • Gillis - cabrito jovem;
  • Gustaaf - convidado glorioso;
  • Hanke - graça de Deus;
  • Hendrik - governante da casa;
  • Jozef - aquele que acrescenta;
  • Lars - aquele que veio de Laurento;
  • Karel - homem ou guerreiro;
  • Klaas - vitória do povo;
  • Maikel - quem é como Deus;
  • Mozes - filho;
  • Pieter - rocha;
  • Raf - Deus curou;
  • Reinier - conselho do exército;
  • Roel - glória do país;
  • Rutger - famosa lança;
  • Sander - defensor da humanidade;
  • Stephan - coroa;
  • Vincent - vitorioso;
  • Werner - grande exército;
  • Willem - aquele que deseja proteger.
Acham que algum destes nomes poderia funcionar em nossos países? Eu apostaria em Antonie e Karel!

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
Behind the Name, Mom Junction, Nameberry, Wikipédia.

quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Marília - Atendendo a Pedidos


Marília... um nome conhecido, mas esquecido. No meu parecer, Marília tem as qualidades necessárias para ser um nome apreciado para as bebés recém-nascidas, mas na prática parece que os pais dos nossos países não concordam comigo. 

Com o começo aliciante Mar e a doce terminação -lia seria de esperar encontrar mais pequenas com este nome, mas a realidade é que em 2016, em Portugal, Marília foi registado apenas 3 vezes e no estado de São Paulo, no ano passado, 75 vezes. 

Mas então como era a realidade há uns anos atrás? Em Portugal, Marília era um nome até muito usado, tendo em 1957 sido registado 210 vezes. No Brasil existe um total de 86.734 mulheres com este nome. A década com mais registos foi em 80 e é em Pernambuco onde existem mais Marília's.

Ao que tudo indica, Marília é a versão poética de Maria. A princípio este nome terá sido criado por Tomás Gonzaga, um escritor luso-brasileiro, que publicou a obra Marília de Dirceu em 1792. 

Eu estudei com uma Marília e tenho uma amiga próxima cuja mãe é portadora deste nome e por essa razão este antropónimo não me causa nenhuma estranheza, mas a ideia com que fico é que as pessoas no geral estranham muito Marília e, infelizmente, não o "entranham". 

Se havia um número considerável de Marília's há umas décadas atrás o que terá contribuído para o desuso deste nome? Fico triste, porque considero Marília um nome doce e carinhoso. E espero que desse lado exista alguém que partilhe da mesma opinião. O que pensam de Marília? Tem realmente qualidades ou é impensável voltar nos próximos anos?

Ana Madaíl Carvalho 

Fontes consultadas:
Behind the Name, IRN, SPIE, Nós Portugueses, Dicionários de Nomes Próprios, ARPEN/SP, IBGE, Nameberry, BabyNamesPedia, ThinkBabyNames, Wikipédia. 

terça-feira, 11 de dezembro de 2018

Asafe


A primeira vez que vi o nome Asafe tive a impressão que se tratava de um nome árabe, talvez pela sonoridade um tanto misteriosa que me faz pensar em histórias das Mil e uma Noites. E qual não foi minha surpresa ao saber que a origem de Asafe é hebraica e é um nome bíblico!

Asafe é uma variação ortográfica do original Asaf, nome hebraico que significa coletor ou aquele que recolhe. A acepção desse significado pode ser entendida com o sentido de reunir, agregar. É o nome de quatro personagens secundários no Antigo Testamento:
  • Pai de Joá, o cronista do rei Ezequiel;
  • Filho de Beraquias, o gersonita;
  • Guarda das matas do rei Ataxerxes;
  • O mais notável Asafe é reconhecido como o autor de alguns dos Salmos. Era um dos três músicos principais do tabernáculo  do rei Davi, acompanhando-o quando a Arca da Aliança migrou para Jerusalém. Sua música era considerada profética.
Curiosidades: o festival judaico Sucot também é conhecido como Hag Ha-asif, ou festival da coleta; São Asaph foi um bispo galês do século VI considerado santo pela igreja católica. Asaph é a escrita adotada em países de língua inglesa.

É bem quisto em Israel, em sua mais recente participação a grafia Asaf ocupou a posição #73 no ranking dos nomes mais populares do país. 

Sua introdução é recente no Brasil, só começou a ganhar registros significativos a partir dos anos 80 e desde então sobe um pouco mais a cada ano, atingindo o ápice de popularidade nos anos 2000. Sua frequência em todo o país é de 1.324 pessoas, a maioria nascida nos estados de Amazonas, Acre e Espírito Santo. A grafia Asaf possui a frequência de 343 pessoas e Asaph 281 pessoas. No ano passado Asafe foi registrado 95 vezes no estado de São Paulo, juntamente com os compostos Miguel Asafe (8 registros) e Asafe Gabriel (7 registros). A variante Asaph obteve 21 registros e a escrita Asaf foi a escolha de 6 famílias paulistas.

Em Portugal não recebeu registros entre 1920 e 1980, talvez seja um nome desconhecido para os portugueses. Seu desempenho acanhado se reflete em seus números: nenhum registro em 2016; apenas 1 registro em 2015 e também 1 registro em 2014 no composto Cristiano Asafe.

Personalidades:
  • Asaf Avidan - cantor e compositor israelense;
  • Asafe Ghalib - fotógrafo e videomaker brasileiro;
  • Asaph Borba - cantor cristão brasileiro.
Nomes do Antigo Testamento estão sendo cada vez mais requisitados por futuros pais brasileiros, sendo Asafe uma das alternativas ainda pouco exploradas e por isso uma das mais originais. Para as famílias portuguesas é também uma opção válida, já que felizmente faz parte da lista de nomes admitidos.

Asafe entraria para suas listas? Preferem a grafia Asafe, Asaf ou Asaph?

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
ARPEN/SP, Behind the Name, Geleia Cultural, IBGE, IRN, Kveller, Nomes Bíblicos, SPIE, Wikipédia.

segunda-feira, 10 de dezembro de 2018

Top 30 Itália - 2017


A Itália é o último país a divulgar seu ranking de nomes mais registrados do ano anterior, e talvez por isso seja um dos tops mais aguardados. Eu adoro os nomes italianos e fico mesmo curiosa para saber quais serão as escolhas mais populares desse país tão carismático! 

A lista que apresentaremos a seguir é o ranking oficial fornecido pelo ISTAT. De acordo com esse órgão foram registradas em 2017 o total de 458.151 crianças, das quais 7.209 foram chamadas Francesco e 7.173 Sofia. Francesco é o nome masculino mais usado há 17 anos na Itália, enquanto para as meninas Sofia tem o recorde desde 2010. Entre os nomes femininos acredito que Viola e Giada possam soar estranhos para os falantes da língua portuguesa, mas nada mais são que a forma em latim de Violeta e a variante italiana de Jade.

Ranking Feminino:
  1. Sofia
  2. Giulia
  3. Aurora
  4. Alice
  5. Ginevra
  6. Emma
  7. Giorgia
  8. Greta
  9. Martina
  10. Beatrice
  11. Anna
  12. Chiara
  13. Sara
  14. Nicole 
  15. Ludovica
  16. Gaia
  17. Matilde 
  18. Vittoria
  19. Noemi
  20. Francesca
  21. Alessia
  22. Camilla
  23. Bianca
  24. Arianna
  25. Rebecca
  26. Elena
  27. Viola
  28. Mia
  29. Elisa
  30. Giada
Ranking Masculino:
  1. Francesco
  2. Leonardo 
  3. Alessandro
  4. Lorenzo
  5. Mattia
  6. Andrea*
  7. Gabriele*
  8. Riccardo
  9. Matteo
  10. Tommaso
  11. Edoardo
  12. Federico
  13. Giuseppe
  14. Antonio
  15. Diego
  16. Davide
  17. Christian 
  18. Nicolo'
  19. Giovanni
  20. Samuele*
  21. Pietro
  22. Marco
  23. Filippo
  24. Luca
  25. Michele*
  26. Simone*
  27. Alessio
  28. Gabriel
  29. Emanuele*
  30. Giulio
*Apesar de considerados femininos em alguns países, na Itália correspondem, respectivamente, aos nomes masculinos André, Gabriel, Samuel, Miguel, Simão e Emanuel.

Acham que os nomes desse top poderiam estar nos rankings de nossos países? Muitos já estão! E quais acreditam não ter chance?

Patricia Monteiro 

Fonte Consultada:
Nomix

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Tarsila - Atendendo a Pedidos


Gosto muito de Tarsila. Em minha opinião é um nome que traz grande equilíbrio entre força e delicadeza. Sua inicial Ta é marcante, mas seu final em- ila o suaviza, deixa mais leve e retira a carga pesada. É sóbrio sem ser sisudo, elegante sem soar pretensioso e a inevitável referência à sua maior portadora, a talentosa pintora Tarsila do Amaral, confere pinceladas artísticas. O que estamos esperando para descobrir Tarsila?

Infelizmente não existe uma origem exata para Tarsila, o mais provável é que tenha surgido como uma variante feminina de Tarcísio, nome que vem do latim e significa da natureza de Társeas. Por sua vez, Társeas origina-se de Thrasys que significa corajoso, ousado. Um significado valente para Tarsila. Outras possíveis formas masculinas são Tarsílio e Tarsilo.

Uma vertente pouco divulgada deste antropônimo é a religiosa, que nos chega através da figura de Santa Tarsila, uma santa do século VI, tia do Papa Gregório I. Integrante de uma nobre família romana, Tarsila e sua irmã Emiliana foram as responsáveis pela educação de seu sobrinho São Gregório Magno, um dos grandes Papas da história. Tarsila pregava a caridade e a castidade, optando por seguir a vida religiosa. A Igreja Católica estabeleceu o dia 24 de dezembro para sua celebração. Para saber mais clique aqui.

Mas para os brasileiros a maior referência é mesmo Tarsila do Amaral. Tarsila foi uma grande pintora e desenhista brasileira, uma das figuras centrais do Movimento Modernista no Brasil. Porém, o sucesso da artista plástica não foi o suficiente para fazer o nome deslanchar. Possui a discretíssma frequência de 1.998 pessoas assim chamadas em todo o país (a grafia variante Tarcila tem frequência de 4.884 pessoas). Teve leve pico de uso nos anos 80, queda nos anos 90, tendo uma tímida reação de subida na primeira década dos anos 2000. As Tarsilas brasileiras são encontradas em maior número no estado de Pernambuco, seguido por Bahia e Distrito Federal. Totalizou 9 registros no estado de São Paulo em 2017 (a escrita Tarcila não obteve registros).

A presença de Tarsila em Portugal é nula, apesar de fazer parte da lista de nomes admitidos. Em outros países também é incomum, parece ser um nome de uso exclusivo no Brasil.

Além de Tarsila do Amaral, outra personalidade que carrega o nome é Tarsila Amorim, dubladora, atriz e cantora brasileira.

Para quem gosta de nomes exclusivos, marcantes, com toque retrô e sentido artístico, pode encontrar em Tarsila todas as qualidades que procura.

Abririam seu coração para Tarsila?

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
Baby Names, Behind the Name, Canção Nova, Dicionário de Nomes (Nelson Oliver), IBGE, IRN, O Livro dos Nomes (Regina Obata), SPIE, Wikipédia.

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Nomes dos 4 Elementos - Água


Para fechar o nosso ciclo de posts sobre os nomes ligados aos 4 elementos trazemos hoje o elemento água. Representante dos signos de CâncerPeixes e Escorpião, a água simboliza as emoções intensas e transmite sensibilidade e intuição aos nascidos sob sua influência. Tanto pode ser calma como um rio tranquilo ou intempestiva como uma chuva de verão, é um elemento que produz um misto de emoções variadas. Será que os nomes aquáticos também são assim? Vamos conferir!

Femininos:
  • Acqua - água (italiano);
  • Aretusa - aquela que se banha (grego). Na mitologia grega é uma ninfa que foi transformada em uma fonte de água;
  • Dóris - presente do oceano (grego). Na mitologia é uma divindade aquática;
  • Iara/Yara - senhora das águas (indígena). Na mitologia indígena é uma sereia dos rios e lagos;
  • Índia - corpo de água trêmulo (sânscrito);
  • Janaína - rainha do mar (o mesmo que Iemanjá);
  • Jordana - aquela que desce, aquela que corre (referindo-se à uma corrente de água ou rio);
  • Marina - do mar (latim);
  • Nerissa - ninfa do mar (literário);
  • Maya - água (hebraico);
  • Mayim - água (hebraico);
  • Moana - oceano, mar profundo (havaiano);
  • Morgana - mar belo (bretão);
  • Muriel - mar luminoso (irlandês);
  • Nimue - é a dama das águas nas lendas arturianas;
  • Oceana - forma feminina de Oceano;
  • Talula - pulando águas (nativo-americano).
Masculinos:
  • Douglas - água escura, rio escuro (gaélico escocês);
  • Dylan - grande maré (galês);
  • Irving - água verde (escocês);
  • Jordão/Jordano - aquele que desde, aquele que corre (referindo-se à uma corrente de água ou rio);
  • Kelvin - água estreita (escocês);
  • Marvin - amigo do mar (gaulês);
  • Nereu - água (grego). Nos mitos gregos este era o nome de um deus do mar;
  • Oceano - nome literal;
  • Rio - nome literal.
Usariam algum dos nomes aquáticos para um pequeno canceriano, pisciano ou escorpiano? Acredito que seja uma bela inspiração!

Para conhecer os nomes dos outros elementos clique aqui

Patricia Monteiro 

Fontes Consultadas:
O Blog dos Nomes, We Mystic

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Demetria

Demi Lovato, cantora norte-americana


Há alguns meses a cantora Demi Lovato foi muito falada depois ter tido uma overdose após estar sóbria desde 2011. Não quis fazer este post logo para não ferir suscetibilidades, mas interessei-me ao saber que o nome da cantora é na verdade Demetria

Na minha opinião, o nome soa melhor em inglês do que em português, mas pensei que seria interessante inclui-lo aqui no nosso blog. 

Demetria é um nome de origem grega que remete para a deusa Deméter. Esta era a deusa da colheita, agricultura, natureza e estações do ano.

Recentemente, Demetria não foi registado em Portugal ou no Brasil, mas existem ao todo 307 mulheres em todo em Brasil. Houve duas décadas com maior número de registos deste antropónimo. A primeira e a maior foi na década de 40 e a segunda na década de 70. O estado com mais registos é Mato Grosso do Sul. 

A Demi Lovato não é a única personalidade conhecida com este nome, temos ainda como exemplos Demetria Dyan McKinney uma atriz e cantora americana e Demetria Royals uma diretora de filmes americana. 

Nos US o nome está longe de ser popular estando fora do top 1000, sendo que a última aparição foi em 1993, colocando o nome no 970º lugar. 

Simpatizo com Demetria e considero o diminutivo/apelido Demi muito querido. E vocês? O que me dizem sobre este nome?

Ana Madaíl Carvalho

Fontes consultadas:
Behind the Name, IRN, SPIE, Nós Portugueses, Dicionários de Nomes Próprios, ARPEN/SP, IBGE, Nameberry, BabyNamesPedia, ThinkBabyNames, Wikipédia. 


terça-feira, 4 de dezembro de 2018

Xico


                               
Xico é daqueles nomes que provocam uma certa confusão, pois é comummente usado como diminutivo, isto porque Xico ou Chico são diminutivos de Francisco.

Em Portugal, ainda nos últimos anos da lista de nomes permitidos, Xico passou de nome próprio não permitido para nome permitido. Possivelmente houve um casal que submeteu o seu pedido, e com bons argumentos abriu caminho para que este pudesse ser usado como nome próprio.

Aqui abre-se um debate entre aqueles que são da opinião de que se é para usar só o diminutivo em vez do nome então não há problema em que o diminutivo seja nome próprio, e entre aqueles para os quais não faz qualquer sentido um diminutivo ser nome.

Visto existirem muitos nomes que os aceitamos como nomes próprios, mas que também são diminutivos de outros, será que daqui a uns anos poderemos ter outra percepção de Xico? Ou será eternamente diminutivo de Francisco?

Mas, desde que a anterior lista portuguesa desapareceu, dando lugar a outra que têm como referência os registos de cidadãos portugueses nos últimos 3 anos para sabermos se um nome é permitido ou não, será que Xico ainda se mantém como nome próprio possível de registo?

Decidi aprofundar um pouco o que o IRN indica:

As regras foram alteradas no 2º semestre de 2017, a lista disponibilizada como sendo a de 2017, é na prática o apanhado dos 3 anos anteriores (2014, 2015 e 2016).

Nota importante: Xico não foi registado nesses 3 anos.

Temos também informação de que “não são admitidos como nomes próprios os vocábulos que não respeitem a cidadão de nacionalidade portuguesa, sem prejuízo do pedido de esclarecimento previsto no n.º 4 do artigo 103.º do Código do Registo Civil”
O Artigo 103 estabelece o seguinte “que no registo de nascimento ocorrido em Portugal, respeitante a cidadão português, podem ser admitidos os nomes próprios que façam parte da onomástica nacional, ou adaptados, gráfica e foneticamente, à língua portuguesa, bem como os nomes próprios estrangeiros, sob a forma originária, se o registando for estrangeiro, houver nascido no estrangeiro ou tiver outra nacionalidade além da portuguesa, e ainda se algum dos progenitores for estrangeiro ou tiver outra nacionalidade além da portuguesa”.

Mas com o crescimento do número de cidadãos estrangeiros a residirem/ permanecerem em Portugal, bem como o regresso de cidadãos de nacionalidade portuguesa que permaneceram/residiram no estrangeiro tem como consequência a admissibilidade de novos vocábulos. Por esse motivo a alínea 2 do artigo 103 não é estática, estando em constante evolução de forma a se adaptar às transformações sociais. De acordo com as últimas alterações legislativas, no momento em que um vocábulo passa a ser admitido como nome próprio, o nome passa a ser parte da identificação de cidadão de nacionalidade portuguesa. 

Em resumo o conceito de “onomástica nacional”, é o conjunto de nomes próprios,  que se encontram na base de dados do registo civil, atribuídos a cidadãos de nacionalidade portuguesa, independentemente do país de nascimento, que não provoquem confusão sobre o sexo dos registados, ou possam ser ofensivos ou lesivos para o seu titular.

Praticamente o que era antes. Mas com mais nomes estrangeiros, muitos deles, na minha opinião, de crianças com pais de determinada origem geográfica e que, esses sim, terão melhor percepção se determinado nome é feminino ou masculino.

Ou seja, o português que não tem ligações com o estrangeiro continua a ter ali aquela "listinha", vai-se safando é com a possibilidade de dar alternativas mais comuns a um nome existente em português, por exemplo: Emília- Emilie, Emily, Emmily, Émily e Émmily. Nem que seja porque temos emigrantes que deram também a nacionalidade portuguesa à criança e esse passou a constar entre as nossas possibilidades.

Então e Xico?
Pelo que percebi, como falam neste artigo em "últimas mudanças legislativas" e por ser um nome "que não produz dúvida quanto ao sexo do registado", pode então ser registado.

No Brasil, onde não há restrições quanto ao uso de nomes próprios, o censo demográfico do IBGE informa que até 2010 Xico era o nome de 32 brasileiros. Para a grafia Chico os números são maiores: frequência de 1.023 pessoas, com a maior parte dos nascimentos tendo ocorrido na década de 1960 no estado do Acre.

Margarida Rebelo Madeira 

Fontes Consultadas:
IBGE e IRN

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

Compostos com Emma



O doce Emma é um dos nomes estrangeiros que está cada vez mais a encantar os portugueses. Se juntarmos o número de registos atuais de EmmaEma ultrapassa os 600 e por este andar vai continuar a subir. Também como é possível resistir a nome tão encantador?

Sim, eu sei que no Brasil é pouco viável por causa do caricato animal da América do Sul que ostenta o mesmo nome. Acho uma pena. E sempre que comento com algum brasileiro a opinião é unanime: Ema é a ave! Como nome não funciona! Mas este blog é  luso-brasileiro e em Portugal, assim como em muitos países, não se associa Emma a animal algum mas sim a séries de televisão, livros e etc, já que Emma é um dos nomes mais usados no mundo inteiro e nos EUA até é o número 1!

Entretanto, hoje não venho aqui para vos falar do nome em si, já que temos um post feito sobre Ema, mas sim venho dar dicas de nomes compostos com Emma. O nome está a crescer então merece toda a nossa atenção e, claro, merece um bom composto (os apaixonados por nomes compostos como eu entenderão perfeitamente).

Tive a ideia de fazer este post também porque Emma é um dos nomes que considero usar se vier a ter mais uma menina e como ando a tentar fazer compostos, escrever aqui é sempre uma ajuda e prazer.

Compostos com Nomes Populares:
Emma Clara

Emma Mafalda
Emma Valentina
Emma Letícia 

Beatriz Emma
Laura Emma
Mariana Emma
Vitória Emma

Compostos com Nomes Curtos:
Emma Lis 

Emma Rosa
Emma Lilly 
Emma Flor

Luna Emma
Zahra Emma
Rubi Emma 
Sophia Emma

Compostos com Nomes Longos:
Emma Donatella

Emma Constança
Emma Caterina 
Emma Carolina

Ariana Emma
Francisca Emma
Penélope Emma
Fernanda Emma

Compostos com Nomes Modernos:
Emma Scarlett

Emma Arabela
Emma Flora
Emma Giana

Geórgia  Emma
Yasmin Emma
Isabela Emma
Lilian Emma

Compostos com Nomes Antigos:
Emma Elisa

Emma Dalila
Emma Caetana

Emma Cecília 

Manuela Emma
Miriam Emma 
Lídia Emma
Luzia Emma

Compostos mais registados em 2017 no estado de São Paulo:
Emma teve 33 registros em 2017 mas nenhum composto.

Compostos mais registados em Portugal em 2014:
Emma Sophia - 2 registros

Emma Helena - 1 registro
Emma Lya - 1 registro
Emma Elizabeth - 1 registro

Com Ema
Ema Carlota - 1 registro
Ema Liana - 1 registro
Ema Victoria- 1 registro
Melanie Ema - 1 registro


Eu tenho tendência a gostar de compostos com dois nomes curtos, por isso achei especialmente difícil fazer composições com nomes longos. 

Que acharam destes compostos? Sugerem outros? 


Claudia Barata Sandal

Fontes Consultadas:
ARPEN/SP, IRN, O Blog dos Nomes